Início
Notícias

18/02/2012 às 00:10  


Polícia registra um homicídio no Comércio no primeiro dia de folia



Helga Cirino

Um assassinato ocorreu na primeira madrugada oficial do Carnaval de Salvador. Márcio Boente Santana, foi morto no Comércio, por volta de meia-noite. O dado foi divulgado pela Superintendência de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Stelecom), que não contabilizou tentativas de mortes e roubos de carros no período.

De acordo com as informações, Márcio caminhava em uma das vias do bairro, pouco depois da meia-noite, quando foi atacado por homens em duas motos. O crime foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investiga o assassinato.

Ano passado - O baixo índice segue a tendência dos primeiros dias no Carnaval do ano passado, quando a Stelecom não catalogou mortes, mas duas tentativas de assassinato a tiros, quando duas mulheres foram baleadas acidentalmente por um policial militar, no sábado.

Saúde - Pelo menos 390 atendimentos, entre as 18h de quinta-feira às 6 de ontem, foram feitos nos módulos de assistência à saúde instalados pela Prefeitura de Salvador nos circuitos do Carnaval. No mesmo período do ano passado, foram  470 atendimentos, o que representa diminuição de 17% nas ocorrências.

Dos 390 casos, 75,6% foram clínicos, 19%, cirúrgicos, e 5,4%, ortopédicos. A maioria dos registros foi no módulo da R. Sabino Silva (Ondina), onde foram catalogados 68 atendimentos, seguido pelo da Piedade (56), Shopping Barra (51) e Montanha (41). Entre as causas dos atendimentos estão agressões físicas (108), cefaleia (61), ferimento acidental (48) e intoxicação exógena (45).

Sete pessoas foram removidas para hospitais de Salvador, sendo uma com quadro de traumatismo com hemorragia, duas com fraturas, duas com intoxicação exógena, um caso de infarto agudo do miocárdio e um caso de agressão por arma branca.

Os circuitos contam com 13 módulos, totalizando 188 leitos para atendimento de urgência e emergência.